Viagem inesquecível

Uma das tradições que mantenho no meu blog é mostrar um pouco das minhas viagens. Acredito que além de mostrar o meu trabalho, esses lugares também precisam ser conhecidos porque infelizmente a maioria dos brasileiros não conhecem seu país. O Brasil é lindo!

Essa viagem aconteceu em setembro de 2010. Vou mostrar algumas fotos do Jalapão, no Tocantis e da Chapada dos Veadeiros, em Goiás.

Também fomos a Terra Ronca, um complexo de cavernas que fica em Goiás. Não coloquei fotos porque como as cavernas eram escuras e só estava com uma lanterna na cabeça, acabei não fotografando.

Com certeza essa foi uma das viagens mais desafiadoras e vai ficar para a história.

Meu marido fez relatos da nossa viagem no site do mochileiros, quem se interessou, os links são:

relato Jalapão

relato Terra Ronca

Fervedouro

Dunas

Mais uma vez as dunas – uma brincadeirinha que fiz com o pessoal e eles adoraram o resultado!

Nascer do sol. Acordei as 4 da manhã.

Ainda no Jalapão

Cachoeira da Velha

Chapada dos Veadeiros – Cachoeira Santa Bárbara

Chapada dos Veadeiros – Vale da Lua

Chapada dos Veadeiros – Cachoeira dos Couros

Última aula – Ajustes básicos no Photoshop

Nesta última aula, falarei um pouco dos ajustes básicos no photoshop. Nem todo mundo tem esse programa, mas falarei dele especificamente porque é o que uso em minhas fotos. Mas a partir dessas explicações, vocês poderão fazer os ajustes em outros programas de imagens.

Para cortar uma imagem, dar mais destaque ao seu objeto, use o a ferramenta crop tool ( ou tecla C).

Na segunda foto dei mais destaque ao detalhe da mãozinha.

Redimensionar a imagem para, por exemplo, colocar as fotos no blog, vá em image > image size (ou alt + CTrl + I). Depois é só redimensionar em altura, largura e resolução. Lembre-se: para ampliações, o melhor tamanho é acima de 300dpis e para blogs 72dpis para que a imagem não fique pesada e ruim para carregar.

Já para melhorar a qualidade das imagens, o primeiro recurso são os níveis das imagens.  Vá em image> adjustments >levels (ou Ctrl + l). É através dele que controlamos os níveis de sombra (seta da esquerda), níveis de luz (seta da direita) e os níveis medianos (seta do meio).

Uma dica: para acertar no ajuste, antes de mover as setinhas aperte a tecla Alt quando começar a aparecer o meu objeto principal da foto eu não mexo mais na setinha. Tanto na direita quanto na esquerda.

Como um simples ajuste faz diferença.

Para o contraste da imagem vá em image> adjustments> brightness/contrast . Com essa ferramenta é possível alterar as definições de brilho e contraste e que ao usá-la o resultado depende do ajuste de cada monitor. Não se esqueça de fazer os ajustes proporcionais aos dois.

Na segunda foto utilizei as ferramentas level e brilho/contraste.

Para uma melhor nitidez use a ferramenta sharpen, em filter>sharpen>unsharp mask. Cuidado para não exagerar nos ajustes.

Para diminuir o ruído, que falamos no post anterior, vá em filter>noise>reduce noise.

Olhem só como a segunda foto ficou mais nítida, mas é bem sutil.

Nessa última aula, coloquei somente algumas ferramentas que já melhoram e muito a sua foto, mas lembre-se não faça uma foto pensando que vai consertá-la depois no photoshop. Esse programa que é maravilhoso serve como apoio para aumentar o brilho, contraste e nitidez nas fotos.

Espero que tenham gostado. Qualquer dúvida é só falar.

Bjs,

Fernanda Alevato

3ª parte – Como tirar fotos noturnas

Na segunda parte, vimos que nas câmeras compactas há no disco seletor a opção para fazermos fotos noturnas, mas desta vez você irá aprender a fazer outros tipos de ajustes para que as fotos noturnas fiquem melhores. Como as câmeras compactas não têm muitos ajustes manuais, temos que tentar da melhor maneira fazer com que possamos fotografar usando os recursos que cada câmera tem.

Para evitar fotos tremidas a primeira coisa é ter um tripé ou uma pilha de livros ou sacos de arroz para que você apoie a sua câmera numa superfície plana. Quanto ao tripé, existem tripés de bolso, que são pequenos e baratos, ideais para câmeras compactas.

Aumentar o ISO é a segunda coisa a fazer. Quanto maior o ISO, maior será a entrada de luz, mas também as fotos terão granulação.  Veja até que ISO sua câmera suporta e analise se a imagem ainda está nítida.

Não use o flash, pois ele tem o alcance limitado. Aproveite o colorido das luzes à noite para mostrar as belezas das fotos noturnas.

Note que na imagem abaixo, fiz a foto sem flash e com tripé. Mesmo com o ISO alto, dá para ver a imagem nitidamente e as cores vibrantes do show.

O meu objetivo nessas três aulas foi mostrar que qualquer pessoa que possua uma câmera compacta pode melhorar as suas fotos sabendo usar os recursos que sua câmera tem.

Na 4ª e última aula falarei sobre ajustes básicos em programas de tratamento de imagens.

Espero que tenham gostado.

Bjs e até a próxima.

Fernanda Alevato

Os encantos de Rachel

A Rachel foi a ganhadora da promoção aqui do blog.

Foi uma manhã muito divertida no Jardim Botânico do RJ.

Adorei fotografá-la Rachel !

Espero que gostem.

bjs,

Utilizando os modos da câmera compacta – parte 2

Além de saber compor uma foto, conhecer a câmera e seus recursos é fundamental. Ler o manual e entender o que cada botãozinho que tem lá faz vai ajudar e muito a melhorar cada vez mais o seu modo de fotografar.

Uma dica: se caso perder o manual, tem vários sites que disponibilizam. É só digitar no google  o modelo e a marca da máquina e boa leitura!

Sabe aquele disco seletor do modo de captação que tem na sua câmera, você sabe o que cada um significa?

1-  Modo Programa: controla parcialmente a velocidade e abertura

2-  Modo Automático: A câmera faz suas próprias escolhas. Não é o modo indicado para quem quer melhorar sua fotografia, mas quando não se tem tempo de ajustar a câmera da melhor forma, é ideal.

3-  ISO: Você regula a intensidade de luz que entra no sensor da câmera, quanto menor o ISO, menor a entrada de luz e melhor qualidade de imagem (ideal para fotografar a luz do dia) e quanto maior o ISO, maior será a entrada de luz, mas a foto terá maior ruído também (ideal para fotos a noite)

4- Retrato suave: Fotografar pessoas se aproximando delas

5- Modo Paisagem: Fotografar paisagem, objetos distantes

6- Retrato Noturno:  Para fotografar pessoas à noite

7-  Modo Noturno: Para paisagens noturnas

8-  Praia: Não serve somente para praia e sim para ambientes com muita claridade, a máquina diminuirá o ISO e aumentará a velocidade.

9- Neve: Para ambientes claros demais, como neve, dunas, onde há pouco contraste de cores.

10-   Filme: Para fazer filminhos, registrar seu filho engatinhando, fazendo birra, pedindo o seu colinho

11-   Modo Manual: Representado pela letra M, como na foto acima. Para quem quiser melhorar suas fotos, prefira as câmeras compactas que tem essa opção. Você faz todos os ajustes, tendo em vista a cena (se são crianças que não param quieta, precisamos aumentar a velocidade para que não saia tremida), verificar a luz do ambiente que você fotografa e o modo de captura.

Agora mãos a obra!  Qualquer dúvida é só perguntar.

bjs,

Fernanda Alevato

Prepare-se: Maria Eduarda a caminho

Ainda não tinha mostrado essa sessão para vocês. Luciana e Carlos = Maria Eduarda.

Demorei tanto, que a Maria Eduarda já nasceu, mas essa frase que é a gravidez é uma fase única, inesquecível.

bjs,

 

Making of

Deixo para vocês as fotos que fiz do making of da Vanessa.

 

Feliz Natal !!

Desejo a todos um Feliz Natal repleto de paz, alegria e muito amor! Que Papai Noel venha recheado de esperança.

bjs,

Fernanda Alevato

Melhore seu olhar – parte 1

Vou fazer alguns post falando um pouco de como as mamães, papais e qualquer pessoa que queira fotografar com sua máquina conseguirá fazer boas fotos utilizando algumas técnicas que vão melhorar ainda maiso seu olhar.

Nesta primeira parte falarei sobre composição.

Uma boa composição é fundamental na fotografia. Aprendendo as normas básicas, você concluirá que o ato de compor fará parte de suas ideias. Segue abaixo algumas orientações simples:

Muitas vezes, as fotos que mais nos agradam são simples, com um centro de interesse, fazendo com que nossa atenção não se desvie. Portanto, selecione fundos simples e se aproxime do assunto, foque nos detalhes, pegue a emoção.

Começaremos com a Regra dos terços

Imagine no visor da câmera, duas linhas dividindo horizontalmente e duas verticalmente, totalizando nove blocos do mesmo tamanho (algumas compactas possuem essa divisão em seu visor). Enquadre seu modelo em um dos pontos de interseção, ao invés de no centro do visor.

Recorte Visual

Imagine como suas fotos ficarão antes de sair clicando por aí. Veja se tem algum objeto que não deveria estar lá. Como disse anteriormente, aproxime-se do seu tema. Tente enquadrá-lo de uma forma que diminuirá o impacto dos objetos indesejados em sua foto. Tente ângulos diferentes ou o zoom da sua câmera.

Melhor ângulo

Você já parou para pensar qual é o melhor ângulo que seria interessante para suas fotos? Muitas vezes, a foto na vertical e de frente para o tema, não são as melhores opções. Abaixe-se ao nível do modelo ou se quiser brincar também pode fotografar num ângulo mais alto. Veja se é melhor fotografar verticalmente ou horizontalmente. A palavra é: experimentar! Porque só assim você vai realmente criar, fazer diferente.

Equilibrando cores e formas

Combinar as cores é importante, destacando o seu modelo do fundo, equilibrando com as formas e as áreas de luz e sombra. Não tenha medo de errar! Capture de um ponto de vista diferente e veja se seu tema está tendo toda a atenção focalizada para ele.

Enquadramento

Um enquadramento equilibrado é um dos itens fundamentais para uma boa composição. . O primeiro plano é o centro de interesse da foto, dando a fotografia uma sensação de profundidade necessária, portanto, utilize o primeiro plano para enquadrar o seu modelo.   Enquadre os objetos do segundo plano de forma que fiquem em harmonia com o primeiro. Utilize o primeiro e segundo plano juntos para agregar um elemento interessante a imagem.

A espera de Anna Sophia

Acho tão importante registrar esse momento. É uma fase tão importante na vida do casal! Outro dia estava conversando com uma amiga que tem dois filhos e não fotografou nenhuma das gestações e me disse que gostaria de ter tido essa recordação. Então não deixem de registrar esse momento único.

bjs,

Páginas

User menu

Login do usuário