Testando, um, dois, três…

Não tinha modelo melhor para me ajudar a fazer uns teste de luz: minha amiga Helen.

O circo de Sophia

Como o tempo passa rápido, né. Já estamos no final de outubro e Anna Sophia completou 1 aninho.

Parabéns Sophie.

Super Tomy Bros

Festa de criança é muito divertida. As crianças brincam, pulam e ficam até perdidas de tantos atrativos que uma casa de festas oferece. E a fotógrafa que vos fala, ficou tonta de tanta subir e descer escada para fotografar o aniversário do Tomy, mas valeu cada foto.

Ingredientes Fundamentais

Na semana seguinte a sessão da família da Cris, fiz a sessão da família da Rachel. Foi super divertido.

Acredito que para uma sessão dar certo é preciso 2 ingredientes fundamentais:

1) uma família alto astral

2) um lugar lindo

E a sessão teve bem mais que isso.

Espero que gostem.

bjs,

Família é…

Conheci a Cristiane, através da Rachel, ganhadora da promoção que fiz em janeiro. A Cris é cunhada da Rachel e ela queria fotografar com toda a sua família. Foram nove pessoas e uma experiência muito legal.

O pai da Cris já foi fotógrafo, então a responsabilidade é ainda maior.

Espero que gostem.

abs,

Fernanda Alevato

 

Visconde de Mauá

O lugar é lindo e com o friozinho que estava fazendo, nada melhor para curtir a dois.

Estou na fase de fotografar flores que são belas e dão vida as paisagens.

 

Toy Story 3

Meu afilhado já fez 3 anos. Como o tempo passa rápido. Parece que foi ontem que ele nasceu.

A festa foi maravilhosa e muito divertida.

Confira!

Comemorando a vida

Fazer aniversário é uma benção e 80 anos nem se fale. Com amigos e parentes então… é uma dádiva.

Fotografei a festa de Dona Lica, essa senhorinha muito simpática e carinhosa. Uma festa repleta de surpresa e emoção.

Espero que gostem das fotos.

bjs,

Leitura Imperdível!

Mais uma dica para quem quer fotografar crianças é ler livros de fotógrafos que nos inspiram e fazem enxergar que fotografar os pimpolhos realmente é uma arte. Há um tempo, eu li o livro da americana Tamara Lackey: A arte de fotografar crianças.

O livro é bem interessante, pois ele aborda todo o processo que gira em torno da fotografia infantil: como produção, direção, técnica e até vendas. Acredito que para ser um fotógrafo completo precisamos dominar todos esses itens.

O que me chamou atenção no livro foi analisar os vários tipos de personalidades das crianças e até dos pais e saber lidar com elas.

Eu só senti falta de mais esquemas de iluminação, que eu adoro ver e analisar como cada foto foi feita.

Vou colocar o último tópico do livro que é uma conclusão do trabalho do fotógrafo infantil:

“1) Saiba que você quase sempre irá superestimar você mesmo e subestimar sua carga de trabalho. Quando mais cedo você equilibrar isto, melhor.

2) Não tente ser como os outros. Isto é verdade na vida assim como na fotografia. O estilo que você pretende mostrar para o mundo virá somente de você. Deixe desenvolver naturalmente. Seja honesto no seu trabalho e com seus clientes.

3) Mostre o que você ama. Edite o resto.

4) Se você desejar alguma coisa mais de cinco vezes, algo que você saiba que poderia melhorar seu negócio, seu estilo, ou apreciação pela sua própria arte, adquira e use-o para continuar a crescer. Você sente aquele impulso porque é importante. Escute você mesmo.

5) Fique calmo com clientes. Você pode pular e ficar louco e gargalhar como uma criança de três anos durante a sessão, mas esforce-se para ficar calmo e ser profissional em todas as negociações do seu negócio.

6) Tenha cuidado com seu equipamento fotográfico. Mantenha tudo perfeito.

7) Seja genuinamente grato aos seus clientes. Eles são o motivo pelo qual você é compensado pelo maravilhoso trabalho que faz.

8 ) Prepare-se para cada sessão como se fosse a mais importante da sua vida. Cheque o equipamento. Tenha certeza que seu equipamento de reposição esteja em ordem.

9) A única pessoa que pode limitar seu trabalho é você mesmo. Não estabeleça limites naquilo que você pode realizar e quem você pode se tornar. O que você pode realizar é inimaginável – mas somente até você imaginar isto.

10) Ame este trabalho. É um presente trabalhar com inocência, beleza, luz e emoção.”

Trecho retirado do livro A arte de fotografar crianças, de Tamara Lackey.

Acredito que esses ensinamentos não são somente para fotógrafos, mas para qualquer profissão e até para nossa vida.

Bjs,

Como fotografar crianças

Existem algumas dicas que vocês podem adotar na hora de fotografar crianças. São elas:

- Deixar a criança à vontade. Quanto mais relaxados estiverem o fotógrafo e o fotografado melhor. A foto com certeza vai ter mais espontaneidade.

- como havia falado no post passado, tente evitar poses forçadas, muitas vezes, os melhores cliques são feitos entre uma pose e outra.

- outra dica boa é ficar na altura da criança, olhar olho no olho.

- Também você pode quebrar esta regra e fazer fotos diferenciadas, procurando ângulos diferentes.

- Não esqueça de focar nos olhos, onde sempre somos atraídos.

- Capte os detalhes como os sapatinhos, brinquedos, mãozinha, pezinhos e tudo que achar interessante.

- cuidado com o fundo da foto, quanto mais neutro melhor para destacar mais a criança.

- Fazer fotos só do rosto da criança também é uma ótima maneira de pegar as feições dos pequenos. Leve sua zoom e bons cliques!

 

Páginas

User menu

Login do usuário